Circuitos de Cicloturismo



Cicloturismo é uma modalidade que cresceu muito nos últimos 15 anos, principalmente para pessoas que vivem em centros urbanos. Brasil já tem uma cultura com a bicicleta forte, como mobilidade e esportes.

E acreditasse que com acesso a melhores bikes, com o crescimento do ciclismo e criação grupos, as distancias viraram desafios facilmente superáveis. Junto o presente do ecoturismo, a apresentação de lugares e estradões antes não conhecidos.

Mas essa história é mais antiga.

O Cicloturismo nasce quando alguns começaram a usar o ciclismo como ferramenta de viagem. Uma história muito mais antiga. Alguns grandes aventureiros pelo mundo, foram inspirando muitos com suas experiências em longas distancias, outros pedalando aqui pela américa latina com suas magrelas por meses e muita história para contar viraram lendas.

http://tarcisocicloturismo.blogspot.com/2010/09/uruguai_16.html

Um fenômeno que já acontecia discretamente, inalcançável para alguns criando essa inspiração de pedalar de uma cidade a outra. Hospedagens recebendo esse ciclo-viajantes e a popularização de regiões. Prefeituras se unindo para estruturar esses roteiros e criando circuitos. Nascimento de operadoras especializadas.

O cicloturismo movimenta milhões de pessoas em todo o mundo. Transforma economias de regiões inteiras e impacta diretamente na vida de quem vive nesses locais. É uma atividade que mantém viva a cultura da bicicleta, levando na bagagem uma sociedade mais justa, igualitária e integrada com a natureza.

Grupo guiado com mimos no Circuito de Cicloturismo Vale Europeu.

No cicloturismo, o meio ambiente é um dos principais atrativos e passa a ser valioso e preservado para a existência dos circuitos, valendo até como trunfo para que esses municípios recebam fundos para manutenção dessas áreas.

Grupo guiado no Circuito das Araucárias de Cicloturismo

Nosso papel com atores do ecoturismo é oferecer toda uma rede de apoio e acolhimento, assessorando sobre qual circuito será o melhor, qual seu perfil e qual serviços serão utilizados.

Grupo se preparando para começar o pedal.

Quando escolhida a opção será hora de auxiliar com hospedagem e alimentação, assim como o comércio e o serviço relacionado a bicicleta, além de todo o turismo receptivo. O apoio é ativado antes mesmo da chegada dos cicloturistas, oferecendo o que há de melhor e inesquecível em sua aventura.

Paradas estratégicas para um lanchinho durante o pedal.

Circuitos

O norte do estado de SANTA CATARINA se destaca pelo seus circuitos de cicloturismo, com roteiros idealizados e estruturados para receber ciclistas do mundo inteiro.

Saiba mais sobre a datas, itinerários, altimetrias, valores, para cada um dos circuitos clique no botão abaixo, ou em pacotes no menu acima.

Vale Europeu

O Circuito do Vale Europeu está localizado no médio vale do Itajaí, sendo composto por 9 municípios (Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó), no centro norte do estado de Santa Catarina, se assim, com acesso facilitado por rodovias estaduais ou federais (BR-470 e BR-101), por aeroportos (Navegantes, Joinville, Florianópolis e Curitiba) e até por portos (Itajaí e São Francisco do Sul).

A região possui belíssimas paisagens e uma natureza bem preservada, com muitas áreas de Mata Atlântica ainda intocadas. Nas partes mais altas há também as imponentes araucárias, típicas do Sul do Brasil. A presença da água é um dos destaques deste roteiro, além de ser uma das áreas com maior concentração de nascentes do país, são inúmeras cachoeiras, rios e riachos pelo caminho.

Circuito das Araucárias

Este roteiro é repleto de atrativos naturais, históricos e também gastronômicos e culturais. A paisagem é bem variada, alternando entre altos de serras a planaltos ou vales de rios. A Mata Atlântica é bem preservada, mesclada com florestas de imponentes e belas araucárias. A natureza se mostra presente também na grande concentração de nascentes e cachoeiras, como as da Rota das Cachoeiras, uma incrível sequência de 14 quedas em menos de 3km.

Há ainda outros grandes atrativos naturais, entre eles o Morro da Igreja, que se destaca à grande distância e possui um paredão de pedra onde os escaladores praticam o rapel (um dos maiores do Brasil, com 245m).